← Voltar à página principal do "Utilizar o Fedora".

Eric, Rádio Amador

Eric "Sparks" Christensen, um especialista em segurança informática da Carolina do Norte, tem sido um entusiasta de rádio amador desde que estava no liceu. Hoje em dia o Fedora desempenha um grande papel no seu passatempo de rádio amador. Saiba mais sobre o que é rádio amador e como pode começar a usando o Fedora!

Eric Christensen

De onde é?

Originalmente da Carolina do Norte, mas estou temporariamente em Newport News, Virgínia.

Qual é a sua profissão?

Eu sou um Oficial de Sistemas de Informação de Segurança contratado pelo Governo dos EUA.

Qual é o seu nick no IRC? Sempre que ele vem?

Sparks. Fui um especialista em Tecnologia da Informação da Marinha dos EUA durante oito anos. Especializei-me em rádios e, como o antigo Radiomen, ganhei o apelido de Sparks. Sinto-me honrado em manter o apelido que tantos excelentes comunicadores mantinham desde a invenção do rádio!

Foi a sua experiência nessa posição na Marinha que o levou a começar como rádio amador?

Na verdade, foi ao contrário. Comecei no rádio amador, quando estava no liceu, e quando decidi entrar para a Marinha já estava preparado para brincar com todos os brinquedos que eles usam.

Então como explica o que é rádio amador para os nossos leitores que não estão familiarizados com ele?

Talvez um pouco de história... Quando a rádio foi inventada inicialmente era tudo amador. Quando os governos, em todo o mundo, entraram em cena para gerir melhor o espectro, alguns desses amadores passaram a estações de rádio comerciais, estações de rádio AM e FM, ambas transmitem em ondas curtas de hoje, e comunicações em dois sentidos, como o telemóvel, enquanto algumas pessoas apenas queriam mexer.

Os que queriam mexer tornaram-se naquilo que nós hoje conhecemos como rádio amadores. Aqui nos Estados Unidos, podemos não ter dinheiro para os nossos serviços. A maioria do nosso trabalho é experimental ou accionado por emergência.

Os radio amadores têm os seus próprios programas de rádio nas frequências de rádio específicas? Ou são menos pelos programas e mais pelo gosto de conversar pelo o ar?

É mais pelo gosto de conversar pelo o ar. Nós não transmitimos. É mais comunicação ponto-a-ponto ou ponto-multiponto... como o caso. Costumamos fazer chat em mesa-redonda.

Como usa o Fedora para participar em rádio amadorismo? Que conselho daria a um iniciante entusiasta do mundo do rádio amador querendo experimentá-lo com uma instalação fresca do Fedora?

Portanto, há muitos aspectos do rádio amadorismo que torna o Fedora excelente de usar. Primeiro precisa de manter o controle de todas as pessoas para conversar... Há pelo menos três diferentes peças de software empacotado para o Fedora para ajudar na gestão de toda essa informação. Quer construir as suas próprias antenas? Pode modelar os seus próprios modelos usando nec2c que está no Fedora. Talvez deseje criar os seus próprios circuitos. Sim, isso está lá também. Precisa ver quando ocorrerá a próxima passagem dos satélites em que gostaria de falar? Gpredict já está lá para si. Provavelmente o software mais popular que está disponível são aqueles que permitem o controle remoto e modos digitais. Há oito peças de software já empacotados para amadores utilizem os modos de comunicação digital! Há tanto software que o Projeto Fedora Docs está a escrever um Guia de Radio Amador só para acompanhar.

Quais são os três programas para controlar com quem fala? Quais são algumas das ferramentas específicas de comunicação digital que mencionou?

Os três programas de registo são o LinLog, qle e xlog. Espero ter o CQRLOG pronto nos próximos meses que é um programa realmente incrível.

Para os modos digitais temos o fldigi, que é provavelmente o mais popular, gmfsk, linpsk, lpsk31, qpsk31, xfhell qsstv e xpsk31. O fldigi executa a maioria dos modos disponíveis para a comunidade de radio amadores. Os outros são mais específicos.

O que exactamente quer dizer com modo?

Então, um modo é um tipo de algoritmo digital. Cada algoritmo utiliza um método diferente de transmitir a informação. Usando diferentes larguras de banda, bits por segundo, códigos diferentes. Um conjunto de diferentes modos seria RTTY (teletipo de rádio), ou PSK31 ou mesmo código Morse.

Há uma certa quantidade de banda disponível... talvez 10 kilohertz. E dentro dessa faixa podem-se estabelecer comunicações com outras pessoas utilizando diferentes "linguagens" (ou modos). Enquanto todos usarem a mesma linguagem, todos poderão falar. Então, se todos estão a usar o PSK63, então pode ler a conversa que está a ocorrer.

Como encontra pessoas para conversar e como se encontram? Encontra-se em horas específicas, usando um modo específico, numa faixa específica?

Eu tenho horários com algumas pessoas, mas na maioria das vezes é por acaso que falo com alguém, não existe uma escassez de pessoas para conversar.

O chat radio amador é baseado em texto, baseada em voz ou ambos?

Eu faço ambos, de voz e texto, embora eu goste mais de contactos baseados em texto por algum motivo.

Como é que as pessoas que encontra em bandas de rádio amador diferem das pessoas que poderia encontrar numa sala de chat ou IRC? É um tipo diferente de pessoa que encontra lá?

Sim, acho que sim. É um fórum diferente... embora os utilizadores de Linux e operadores de rádio amadores não serem tão diferentes. Ambas as comunidades desfrutam de experimentação e de código aberto. Raio, há um software definido por rádio por aí, que permite que faça o que o rádio faz e o que quer que seja.

Então, fale-nos de uma conversa recente que teve, usando o Fedora, para contacto em rádio amador. Onde estavam as pessoas com quem falava? Como os encontrou?

Bem, a poucos minutos atrás, eu estava a ouvir a 17 metros, 18.101 MHz, e fiz contacto com Abdul 7Z1CQ na Arábia Saudita, usando BPSK-63. Estou actualmente a ligar remotamente à minha estação de rádio amador usando VNC e SSH para que possa utilizá-lo no meu horário de almoço no trabalho. Então, a partir da minha estação de trabalho RHEL no trabalho para minha estação de trabalho do Fedora em casa, sou capaz de trabalhar no mundo usando apenas software livre. E o fldigi permite um controle quase total sobre o rádio para que eu possa operar a partir de qualquer lugar que tiver acesso à Internet.

Para pessoas que querem aprender mais, existem recursos que recomende?

Bem ... se tem dúvidas sobre Radio Amadorismo eu visitaria A Liga Americana de Radio Relay ou a liga de rádio do seu país... perguntas sobre programas de rádio amador no Fedora pode ir a o SIG de Rádio Amadores Fedora ou pode ver o Guia do Radio Amador Fedora que se encontra actualmente em fase de projecto. E, claro, os recursos do Fedora ficam melhores quanto mais pessoas contribuirem!

Obrigado, Eric!

← Leia mais entrevistas com os utilizadores do Fedora.