← Voltar à página principal do "Utilizar o Fedora".

Fab, Podcaster do Linux Outlaws

Fabian A. Scherschel, um estudante universitário de Bonn, na Alemanha, é bem conhecido na comunidade Linux pelo seu papel no podcast Linux Outlaws com Dan Lynch. Fab revela nesta entrevista que usa o Fedora e as ferramentas de áudio disponíveis para a gravação e pós-produção do podcast.

Fabian Scherschel

De onde é?

Nasci em Duisburg, na Alemanha e vivo actualmente em Bona (que é de cerca de 100 km mais ao sul).

Qual é a sua profissão?

Estou actualmente matriculado na universidade, a estudar História Contemporânea, Política e Literatura Inglesa. Também trabalho a tempo parcial em assistência técnica.

Qual é o seu nick no IRC?

fabsh.

Quando soube do Fedora pela primeira vez?

Após tropeçar na FUDCon na LinuxTag em 2009. Primeiro testei o Fedora 11, de seguida mudei-me quando o Fedora 12 foi lançado.

Muitas pessoas conhecem-no como um podcaster do podcast Linux Outlaws. Usa o Fedora para produzir os podcasts?

Sim. Toda a gravação e edição da minha parte é feita no Fedora, que inclui a transmissão ao vivo dos episódios. Todos os nossos servidores correm agora o CentOS.

Quais as aplicações do Fedora que usa para ajudar a produzir o seu podcast? O que faz cada aplicação?

Uso o Audacity para o trabalho pesado na pós-produção e faço nele toda a edição. O Audacity é, principalmente, um editor de ficheiros wave. De tempos a tempos, também faço alguma gravação ou edição no Ardour, que é uma estação de trabalho de áudio digital mais completa. Também gravamos e misturámos a música de introdução do podcast usando estas ferramentas. Desde que também sou responsável por toda a concepção pelo design e trabalho do website, uso muito o Inkscape e o GIMP para criação gráfica. Costumo desenhar projectos originais no Inkscape, que é um programa de gráficos vectoriais e faço o tratamento ou a trabalho de melhoria geral no GIMP, já que é uma ferramenta baseada em raster. Em cima de tudo isso, faço toda a escrita e codificação no gedit, que é o melhor editor de texto conhecido pela humanidade e para navegar na web, o que eu faço muito, especialmente para procurar tópicos e tirar notas para o espectáculo, uso o Chromium.

Onde acha encontra amostras de áudio interessante para os seus podcasts?

Para efeitos sonoros, o melhor sítio para ir é Projecto Freesound e encontramos quase toda a música Creative Commons que usamos no espectáculo no Jamendo ou Soundclick.

Tem alguma dica para futuros entusiastas do podcast para usar o Fedora para criar podcasts impressionantes?

Todas as ferramentas que precisa estão ali ao seu alcance e todas elas estão livres como em liberdade. A minha dica mais importante seria conseguir juntar um microfone de condensador decente e uma pequena mesa de aproximadamente $150 e que alimentem o seu computador através de uma interface USB. Dessa forma evita um monte de problemas com placas de som baratas (especialmente em portáteis) e pode ter uma qualidade de áudio de nível profissional sem andar com auscultadores que soam mal e essas coisas. Além disso só precisa manter o compromisso de lançar espectáculos regularmente. Ah sim, e se tiver problemas com drivers de áudio ou similares, não tenha medo de submeter os bugs e perguntar na mailing list. As pessoas no Fedora são incrivelmente agradáveis e úteis se simplesmente reunir coragem e lhes perguntar...

Se tiver um amigo que não usa o Fedora, pode ouvir os seus podcasts?

Nós distribuímos todos os nossos espectáculos em ambos os formatos, Ogg Vorbis e MP3. Preferimos que as pessoas usem o Ogg, pois é a alternativa livre, mas se alguém se encontrar num lugar onde isso não é suportado, podem usar feed de MP3. O MP3 é praticamente universal e deve funcionar em praticamente qualquer dispositivo que pode reproduzir áudio digital.

Pode-nos contar sobre um recente podcast que fez usando o Fedora? Onde podemos ouvi-lo?

Todos os episódios do Linux Outlaws podem ser encontrados no linuxoutlaws.com, todos movidos pelo Fedora e CentOS. Costumo falar sobre temas do Fedora no espectáculo, fizemos um episódio especial inteiro sobre o lançamento do Fedora 13, por exemplo (Veja-o aqui!)

Pode-nos contar sobre um tesouro escondido no Fedora que gostaria de partilhar?

Como podcaster e alguém que ouve a algumas horas de podcasts em cada dia, acho que um dos melhores programas no Fedora é gPodder que é um agregador de podcast muito completo que pode instalar a partir dos repositórios principais. Também, recentemente, tornei-me fã de desenhar coisas no MyPaint, que é uma excelente ferramenta artística, especialmente se tiver uma mesa de desenho com caneta.

Obrigado, Fab!

← Leia mais entrevistas com os utilizadores do Fedora.